Obrigada pela visita.

Obrigada pela visita.

domingo, 7 de julho de 2013

Mamografia antes dos 30 anos aumenta risco de câncer de mama

Exposição à radiação é um fator de risco para câncer de mama. Alguns estudos sugerem que mulheres com mutação nos genes BRCA1 e BRCA2 podem ser mais sensíveis à radiação porque estes genes estão implicados na reparação de danos de DNA causados por esta mesma radiação.
Segundo um estudo do Instituto de Câncer da Holanda publicado no “British Medical Journal, o benefício da mamografia em mulheres jovens poderia não compensar o risco da radiação.
 Assim, mulheres com uma mutação nos genes BRCA1 e BRCA2 (que controlam a supressão do câncer de mama e de ovário) e que receberam radiação diagnóstica na região mamária antes dos 30 anos, apresentam maior probabilidade de desenvolver câncer de mama do que as portadoras das mesmas mutações mas não expostas à radiação.
Alguns países já tinham recomendado que as mulheres evitassem mamografias antes dos 30 anos, entretanto os resultados dos estudos realizados até então eram inconsistentes.
Neste novo estudo realizado na Holanda, foram pesquisadas 1.993 mulheres portadoras de mutações nos BRCA1 e BRCA2 dos chamados Países Baixos, França e Grã-Bretanha, entre 2006 e 2009, com o fim de averiguar se as variações no DNA aumentam o risco de câncer de mama induzido por radiação.
Quarenta e oito por cento das pesquisadas (926) nunca haviam feito radiografia e 33% (637) não haviam se submetido a mamografias.
Das que fizeram mamografia pela primeira vez, a idade média foi 29 anos. Uma historia de exposição a radição diagnóstica entre 20 e 29 anos aumentou o risco de câncer de mama em 43%, e qualquer exposição antes dos 20 anos aumentou o risco em 62%.
Por outro lado, não se encontrou associação entre câncer de mama e exposições entre 30 e 39 anos de idade.

Para cada 100 portadoras de mutações em BRCA1 e BRCA2 de 30 anos de idade, nove desenvolveram câncer de mama aos 40 anos, sendo que o número de casos aumentava em cinco se haviam realizado uma mamografia antes dos 30 anos. De qualquer forma, cautela, prudência e bom senso devem prevalecer na tomada de decisões.Texto: Extraído do Blog do Dr.  João Modesto Filho

Nenhum comentário:

Postar um comentário