Obrigada pela visita.

Obrigada pela visita.

segunda-feira, 20 de maio de 2013

“Dê uma chance a Paz


ESTUDOS DA TEORIA MIASMÁTICA “Dê uma chance a Paz…”  Homeopatia Metafísica
Porque é preferível tratar com Homeopatia Metafísica e não com outros métodos? O que tem a Homeopatia Metafísica para oferecer ao jovem? Um dos primeiros motivos, é a própria questão financeira por ser um tratamento acessível. O que um jovem pode esperar da vida tratando-se com Homeopatia Metafísica? Com este método de tratamento, ele estará sendo honesto com ele próprio e tendo a certeza que não se transformará em mais um dependente das químicas “Ditas medicinais”, (drogas lícitas). A Homeopatia Metafísica está voltada para a cura das enfermidades, fortalecimento do indivíduo possibilitando “dentro do possível aliviar-se da carga das tendências hereditárias”.
O método homeopático protege e aumenta a própria energia vital proporcionando maior e melhor imunidade contra enfermidades. A saúde do individuo retorna com a Homeopatia Metafísica sendo um método seguro, inclusive respeitando as leis fundamentais da natureza.
A FORÇA VITAL (Organon § 43). Reconhecemos a vida em três partes: O corpo, a mente e o espírito. É uma trindade que esta presente em nossa vida, em cada parte do nosso organismo. Em ambiente harmonioso as forças se relacionam em harmonia, e ao mesmo tempo independente.
- PONTO DE VISTA RELIGIOSO – Estamos inclinados a pensar que ao mesmo tempo em que somos trinos (corpo, mente e espírito) somos também uma unidade desde o começo. Quando as células progenitoras se unem, já esta presente o principio vital, (energia vital). Então, um novo ser se completa através de uma célula que não se modifica, mas sim a continuação de um processo. Este novo ser tem em si, o poder de produzir células, o físico, a causa de um continuo fluir dos miasmas da energia vital que domina um todo. Tem dentro de si mesmo o poder de originar as células dos músculos, nervos e cérebro, individuais em seus miasmas, dotada de todas as suas necessidades para funcionar no futuro. Portanto, somos uma parte do todo, e ao mesmo tempo, somos um corpo. E o que nos mantém vivos é a própria energia vital, se um corpo se torna inanimado ele morre. Somente quando está presente a energia vital é que estamos vivos, capazes de ações físicas e de realizar exercícios (andar, correr…). E desenvolvemos nossas capacidades vitais, e a capacidade para alcançar as forças espirituais. Não existem dois indivíduos iguais. O desenvolvimento da energia vital é uno, mais ao mesmo tempo se difere dentro de cada ser. Cada pessoa tem uma personalidade especial e uma estrutura particular psicofísica determinada por suas tendências hereditárias em fator de enfermidades.
-TEORIA DE ORIGEM DAS DOENÇAS- Kent, capítulo § 18 “Primeiro livro: Filosofia Homeopática”. Diz: “A psora é a causa fundamental, é a desordem primitiva primaria da raça humana”. É a base para qualquer distúrbio que ocorre no organismo. É o primeiro distúrbio sistêmico em função no qual se estabelece em todos os quadros patológicos. Sem o estado psórico não existiriam doenças, sendo que os miasmas são apenas níveis diferentes da psora.
-TEORIA: EQUILIBRIO DO SISTEMA- Sempre que um agente atingir o organismo na área psíquica, este absorve e elabora naturalmente o estimulo sem prejuízo, incorporando-o à sua personalidade normal ou o elimina sobre a forma de uma reação psicológica qualquer fazendo que individuo volte a sua condição de equilíbrio dinâmico ideal.
-TEORIA DO MECANISMO DE DEFESA- A inteligência vital lança mão de certos mecanismos visando trazer de volta o individuo, em sua área psíquica, para o estado de equilíbrio emocional. Exemplo: A dúvida, a inveja, a raiva, etc. pode ser uma condição de compensação das ansiedades e angustias.
-SICOSE- É um dos três miasmas caracterizados por Hahnemann. Se o individuo não for capaz de superar a condição psórica (exonerando ou eliminando, ou ele morre ou desenvolve outro quadro miasmático). Primeira maneira de exonerar seriam as células cuja função natural consiste em eliminar substâncias, são as células secretoras, cujas secreções promovem o equilíbrio. As células secretoras promovem a manutenção da lubrificação de determinado conduto, estabelece o pH em meio local com determinadas categorias, conduz partículas para fora de um produto qualquer, filtra as partículas nocivas, estabelece a umidade em certas áreas e etc.
-SINTOMA ENERGÉTICO- SENSIBILIDADE À UMIDADE Grande característica: é acentuada a sensibilidade à umidade. Este indivíduo sicótico é chamado barômetro vivente.
ÁREA MENTAL Quando uma nocha atinge o organismo origina um estado de segurança, que ele tenta compensar através dos mecanismos primários de proteção. Se esses mecanismos falharem e não forem suficientes, atingirá a área efetiva e emotiva levando o individuo a um estado de depressão melancólico.
-CARACTERISTICAS MENTAIS DA SICOSE – Agressividade – Quadro mental de desconfiança. Delinqüência – Hipersensibilidade nervosa progredindo para o alto nível de cólera, a maldade e por fim a crueldade. O individuo é carente do controle da razão chegando ao latrocínio. Sexualidade – A sicose atinge o estado mental chegando aos desvios sexuais mais diversos: Desconfianças Mentiras Estados depressivos Idéias obsessivas Perversão de função Na psora a célula nervosa encontra-se em estado de intoxicação, resultante da presença de numerosas substancias das quais é incapaz de se libertar. Perversão Tristeza Melancolia Depressão Pensamento de suicídio
-APARELHO RESPIRATÓRIO- A sicose apresenta um maior número de mucosidade na árvore brônquica, sendo mais abundante do que na psora. Na sicose a tosse é seca pela compressão do estímulo de uma neoformação benigna.
-SIFILINISMO- Teoria: – Sob a ação de uma nocha, se o individuo não puder manter o equilíbrio vital ao nível da psora ou da sicose, inevitavelmente mergulhará no terceiro nível miasmático ou sucumbirá. O organismo a esse nível apresenta alterações acentuadas. Sintomas energéticos As suas sensações são normais. As sensações ligadas ao sifilinismo são desagregadas do intelecto, originam-se em estados alucinatórios e as compreensões tornam-se impossíveis.
ÁREA MENTAL A atenção diminui paulatinamente, o individuo vai se tornando descuidado comprometendo a sua própria integridade física, se um projeto miasmático não puder ser contido, se caminhara para sua própria autodestruição moral. Apresenta distúrbio de conduta.
-CANCERINISMO- Causa agravante, pode-se considerar o fechamento por meio de um agente tópico ou cirúrgico, de lesões ulcerativas em geral fechando-se um dreno de natureza vital que o organismo abriu naturalmente para restabelecer o equilíbrio perdido. Fechar uma lesão sifilínica é predispor ao agravamento do paciente ao fazê-lo mergulhar no cancerinismo. O ideal é aumentar a imunologia deste paciente.
BIBLIOGRAFIA – Homeopatia Metafísica –introdução ao estudo da teoria miasmática. José Laércio do Egito

Nenhum comentário:

Postar um comentário